logo.png
  • Cardoso Júnior

TENET – EUA – 2020

Atualizado: Set 4



Normalmente os filmes do Nolan utilizam do tempo como artifício de roteiro e não é diferente dessa vez com a adição da cronologia reversa que possibilita alçar a linha do tempo ao contrário, e não me estenderei nesse paradoxo para não criar spoiler, mas fato é que o consagradíssimo diretor mistura componentes de trabalhos anteriores ( nenhum demérito nisso), para construir um filme de espionagem eletrizante repleto de realistas cenas de ação visualmente deslumbrantes, compostas por efeitos práticos e rodadas em cenários reais, locações estupendas e sem a falsidade da tela verde que hoje não engana mais ninguém.

Ponto pra ele!

Infelizmente, o roteiro é o ponto fraco do longa em sua elaboração e explicações dos conceitos da física que consomem esforços neuronais do público para acompanhar a lógica palindrômica de uma narrativa muito original, mas que pode parecer desconexa, complicando o entendimento de uma audaciosa conspiração que aprisiona nossos sentidos, mas nunca chega perto de nos pegar pela emoção.

Parte disso deve-se também ao desenho dos personagens protagonistas, Washington, Pattinson e Debicki, que têm atuações irretocáveis, porém totalmente destituídas de empatia a ponto de não provocarem nenhuma torcida pelos “mocinhos” enquanto Kenneth Branagh faz uma composição vilanesca que destoa do conjunto.

A trilha sonora é invasiva e insistente por demais, forçando um clima já estabelecido chegando a incomodar, mas edição, montagem e a estética primorosa geram um conjunto visualmente muito perturbador, principalmente nas sequências de ação - cena de abertura antológica - que são o coração e o motor de toda a urdidura.

Assim, #Tenet, com seus 150 minutos de duração (que passam voando), visto em IMAX, deve ser experiência estonteante já que os efeitos das “reversões” são tão inovadores quanto extraordinários e toda a obra perderá muita força caso vista em tela pequena.

Ao fim, se você sair sem saber exatamente o que aconteceu, há o irrefutável consolo de ter vivenciado um entretenimento grandioso e participado de uma aventura conjunta com um novo Bond...James Bond.




TRAILER





Ps1: Disponível em VOD