logo.png
  • Fábio Ruiz

O Mau Exemplo de Cameron Post – EUA – 2018

Atualizado: Ago 8


1993, Cameron Post é enviada para ser uma discípula de As Promessas de Deus quando flagrada, pelo namorado, com sua colega da escola e de catecismo aos domingos, no banco de trás de um carro, para corrigir seu problema de SSA, “same sex attraction”, atração sexual pelo mesmo sexo. O roteiro de Desiree Akhavan e Cecília Frugiuele, baseado no romance de Emily M. Danforth, é prioritariamente linear, escapando de sua linha dorsal apenas para elucidar os fatos imediatamente pós-flagra de Cameron e Coley, e, com o distanciamento ideal, isento de frivolidades e de clichês, narra a estadia da protagonista na instituição cristã, onde seus líderes almejam curá-los de seus desvios de identidade e sexualidade com métodos controversos. Sem recorrer a sentimentalismos baratos ou a cenas de impacto, ilustra situações verossímeis e esperadas de ambiente tão insalubre, quando todos, “docentes” e discentes, querem exatamente a mesma coisa: serem amados e aceitos por aqueles deveriam fazê-lo incondicionalmente; bem como as diversas consequências de quando não o fazem.

A jovem Chloë Grace Moretz, deglamourizada, encarna com solidez uma personagem que, facilmente, descambaria para estereótipos comuns, em bela atuação. Emily Skeggs, como Erin, colega de quarto de Cameron, veste lindamente as dualidades de alguém que vive em dois mundos, o real, e naquele que a fizeram acreditar. Owen Campbell imprime muita verossimilidade a sua crise, e o resto do elenco é competente. A direção de Denise Akhavan tonaliza com realismo sua condução, em planos secos e diferenciados. A fotografia corrobora a plausibilidade da trama; música, arte e edição são muito boas.

Um belo filme sobre a inexorabilidade das diversidades e dos preconceitos advindos dessas, tão importante em tempos onde a intolerância advém de TODAS as direções, para nos lembrar que todos refulgem a luz do mesmo sol e respiram do mesmo ar. Mais um bom exemplo de título mal traduzido, #OMauExemploDeCameronPost seria melhor traduzido de #TheMiseducationOfCameronPost por A Deseducação de Cameron Post. Vale assistir.

Em cartaz. #PandoraFilmes #FilmRise

TRAILER

#Hollywood2019