logo.png
  • Cardoso Júnior

Amanda Knox – EUA-2016

Atualizado: Ago 17


O documentário sobre o caso da americana Knox, que abalou o mundo inteiro, acusada de assassinar brutalmente sua colega de quarto e que passou por quatro julgamentos – dois condenatórios e dois que a absolveram, é mais que interessante pela, ainda, polêmica a envolver todos os fatos e pessoas.

O famoso caso que já foi tema do "confuso" filme “The Face of an Angel” (comentado aqui em 23-06-2015), no ótimo documentário, inova e surpreende ao trazer pela primeira vez a própria Amanda apresentando sua versão dos fatos e levantando a questão: “ou eu sou uma psicopata perigosa capaz de cometer um crime violento, ou sou uma vítima inocente" de um sistema policial falho e de uma mídia tendenciosa”. A pergunta fica no ar...

Ao focar a narrativa sobre quatro óticas criminalistas muito dúbias, deixa claro que o sistema policial investigativo Italiano (ou de qualquer outro lugar), falhou tecnicamente botando toda uma investigação em risco pela pressa em apresentar culpados e que a mídia internacional, pelo afã do sensacionalismo dos tabloides pode ser preconceituosa quando se trata de uma bela jovem, de uma mulher sexualmente ativa; prato cheio para transformá-la numa predadora sexual e vender muitas matérias.

A ótica documental acompanha de forma neutra a exposição de todos os relatos/fatos, ainda que, sutilmente, note-se uma tendência a inocentar Amanda uma vez que, ela foi inocentada pela mais alta corte Italiana.

O inferno em vida vivido pela personagem cria um forte clima de tensão e suspense como nos melhores Thrillers, deixando a cargo do expectador a reflexão individual, a análise e o papel de juiz num dos crimes mais enigmáticos da Itália.

Amanda Knox, vale cada minuto de acompanhamento.

TRAILER




#AméricadoNorte #Análise