• Academia de Cinema

Rua Coverfield,10 - EUA - 2016


Embora remonte à “Coverfield, Mostro”, é uma trama independente e muito bem feita no que tange a proposta de criar um drama muito bem amarrado do gênero suspense com aspectos psicológicos que, com certeza, deixará qualquer expectador tenso desde o início ou primeiro susto. Com roteiro esperto que deixa em aberto várias e ambíguas incógnitas, onde todas as deduções são plausíveis, mantendo o pico de atenção em combustão, “Coverfield, 10” ampara-se em apenas três ótimas interpretações com nítido destaque para o veterano John Goodman. Com abordagem que separa bem a tênue linha entre terror x suspense, desenvolve-se a perfeição no segundo gênero mantendo-nos claustrofóbicamente angustiados até o ato final, onde, derrapa desastrosamente na inserção / explicação via sci-fi que, joga uma pá de gelo em todas as emoções tão bem construídas anteriormente decepcionando feio até os amantes do segundo gênero. Aqui, tivemos a impressão que tanto direção e roteiro tentaram conseguir uma espécie de inovação no velho, bom e tradicional suspense apresentando um alongamento / variante frenética, literalmente bizarra com o único intuito de prometer uma continuação comercial. Assim, eis mais um daqueles trabalhos que entregam muito no começo e decepcionam e irritam no final.

TRAILER

#Hollywood #Análise

1 visualização