logo.png
  • Cardoso Júnior

Lugares Escuros – EUA -2015.

Atualizado: Ago 15


Eis outro trabalho com rótulo identificável: Conhecida atriz na capa + titulo interessante + menção a autora de livro de sucesso. Alerta! Geralmente esses ingredientes juntos são um aviso claro de que se trata de armadilha; um chamariz para consumo. Adaptado do livro da mesma autora do espetacular “Garota Exemplar”, não tem, em nenhum aspecto, o mesmo peso e desenvoltura do primeiro. Embora, reconheça-se a mesma veia literária, inserindo personagens em uma atmosfera, trama de mistério, peca pelo ritmo da narrativa, pela inserção dos flashbacks explicativos e pela previsibilidade do desfecho que acaba esgotando qualquer possibilidade de impacto. Reconhecer que Charlize compõe bem sua personagem e que Chloë Moretz torna-se, cada vez mais, uma especialista em roubar todas as cenas que aparece, não é o bastante para manter em alta o interesse do espectador pelo desenvolvimento do roteiro. Ainda que tenha alguns bons acertos e boas intenções, para nós, o que faltou em “Dark Place” foi a mão do David Fincher. Você não vai pedir seu tempo de volta, mas terá uma enorme vontade de rever “Garota Exemplar”.

TRAILER

#Hollywood #Análise