logo.png
  • Cardoso Júnior

Matar um homem - Chile-2014

Atualizado: 11 de ago. de 2020


Depois dos excelentes “NO” e “Gloria”, a pré-candidatura do Chile com este policial com potencial dramático, ainda que nada original, com narrativa simples, abusando dos longos planos cênicos que apresentam uma estética peculiar que ousa, por assim dizer, minimizar o próprio roteiro dispensando componentes elementares do cinema, está longe de ser ruim, mas há que se adaptar a proposta para apreciar e ir mais longe.

TRAILER

#AméricadoSul #Análise #Oscar2015