logo.png
  • Cardoso Júnior

Enola Holmes - Reino Unido – 2020


Baseando-se na série literária infanto-juvenil homônima, o diretor Harry Bradbeer (“Fleabag”, isso explica as constantes quebras da quarta parede), adentra no universo das tramas investigativas de Sherlock Holmes buscando conquistar um público bem mais infantil através da conhecida “Jornada do Herói”, no caso heroína, e sua saga de provações que resultam em amadurecimento.

Nada de novo.

Em suas pouco menos 02h de duração (tempo excessivo), Millie Bobby Brown (Stranger Things), assume com muita competência o protagonismo (mas sem carisma), enquanto os demais atores como Henry Cavill e Helena Bonham Carter e elenco de apoio, nitidamente, levaram mais tempo para entrarem nos ótimos figurinos que, propriamente, ficarem em cena.


Como a boa produção visa o público infantil, a abordagem de temas como a evolução dos conceitos sociais, o feminismo e igualdade de gêneros servem apenas como pano de fundo sem maiores aprofundamentos em prol de uma gama de personagens que desaparecem e outras tantas charadas (bem sem graças), a serem desvendadas enquanto as motivações de todos os envolvidos na trama deixam a desejar.


Há um bom ritmo narrativo para “compensar” a longa duração e a trilha bonita trilha sonora ajuda na manutenção do oscilante pico de interesse enquanto fotografia e designer de produção fazem uma ótima retrospectiva temporal e os muitos flashbacks são um artifício inteligente servindo para diferenciar métodos investigativos distintos entre a personagem e seu famoso irmão.


Outro artifício que funciona bem, mas sem inovar em nada é a narração na primeira pessoa (“Fleabag” de novo), que empresta dinamismo a narrativa e, mesmo que uma alternância de focos fique evidente embaralhando a costura, não é preciso ser um grande especialista na arte das deduções para perceber e vaticinar que uma nova e jovial heroína está chegando para fomentar uma outra franquia.


Assim, #EnolaHolmes mesmo que não ofereça nada de original, é daqueles entretenimentos bem feitinhos que distrai, agrada e cumpre a proposta de

cativar o público alvo.





TRAILER