logo.png
  • Fábio Ruiz

Emma – Inglaterra – 2020


#Emma, indicado aos Oscar de Melhor Figurino e Melhor Maquiagem, ilustra situação semelhante exposta por Pinocchio. Um filme que narra uma história singela sobre amor cisgênero entre personagens brancas, e valores, na atualidade, jamais será reconhecido pelos prêmios do cinema, pois os expõe pelo que são e pelo que fazem. Excelentemente adaptado do romance homônimo de Jane Austen, o roteiro contempla uma certa picardia do original, além de conseguir, aos poucos, construir uma espinha dorsal que conduz o espectador pela estória da protagonista, que, inclusive, é uma mulher diferenciada para a sua época, que prefere abrir mão do destino do casamento para cuidar de seu pai, enquanto age como cupido para suas amigas, familiares e protegidas.

Emma, certamente, poderia ser indicado a Melhor Roteiro Adaptado, Fotografia, Desenho de Produção, Música, Atriz, e, também, Direção. A condução da diretora Autumn de Wilde é excelente e mantém os tons e ritmos do texto. Anya Taylor-Joy faz um trabalho brilhante, cativando o interesse no início até o meio da projeção, enquanto o espectador se familiariza com a trama e as personagens, muitas. Idem o faz Johnny Flynn, que também poderia ser contemplado com uma indicação. Anya Taylor-Joy, em Emma, pode muito bem ser a Meryl da atualidade em seu começo de carreira em Kramer vs Kramer, mas, para uma atriz branca, o caminho é mais árduo do que antigamente, pois tem que competir com a ridícula diversidade que não valoriza competências e capacidades, mas diferenciações indistintas.


O afiado elenco ainda conta com o hilário Bill Nighy, como o pai de Emma. A fotografia é excelente, a belíssima música coaduna perfeitamente com o ritmo da trama, os figurinos são primorosos, e merecem premiações, a maquiagem também é muito diferenciada, mas a de Pinocchio, ainda mais, e a edição mantém o padrão técnico.

Emma, uma trama leve, simples, sobre amor, amizades, lealdades, bondade e comportamento, bem típica de Jane Austen, muito bem adaptada para o cinema, com atuações e técnicas impecáveis. Imperdível.





TRAILER