top of page
logo.png
  • Foto do escritorCardoso Júnior

DUNA: Parte Dois – EUA – 2024

Atualizado: 26 de mar.



Ainda que extasiado e impactado profundamente com essa obra, serei sucinto pois muito já foi dito por muitos e não quero ser repetitivo, no entanto, quero deixar duas recomendações essenciais para quem ainda não viu para o total aproveitamento deste verdadeiro e deslumbrante espetáculo cinematográfico: Primeiro: Não veja caso não tenha assistido a parte 1 já que é uma continuação, e muitas coisas poderão ficar no ar, mas caso tenha visto a versão do David Lynch em 1984, tá valendo.

Segundo: Só assista em tela grande, a maior que for possível encontrar, uma vez que, não é obra para TV ou outras telinhas que comprometerão bastante o gigantismo do épico que o genialíssimo diretor e escritor Denis Villeneuve nos oferta. Sim, o mesmo Denis que impactou o mundo com o magnífico “Incêndios”, em 2010, aqui .


Isto posto, #DunaParte2 é de uma grandiloquência visual e sonora em todos requisitos cinematográficos como: a cinematografia, design de produção, efeitos visuais, som, edição, trilha sonora, figurinos, maquiagem, locações, direção, fotografia, coreografias, elenco, atuações, sem pecar na narrativa que envolve comportamentos complexos e uma gama de sentimentos e paixões muito humanas num perfeito arco dramático dentro do gênero aventura de forma ambiciosa e de, realmente, tirar o fôlego.


Como disse acima que não iria me alongar nessa análise, quero deixar registrado o estupendo trabalho do irreconhecível Austin Butler (Elvis), que o catapulta definitivamente para a ala dos grandes atores do cinema e, no mais é ver e maravilhar-se já que Duna Parte Dois é quase impossível de ser resumido em palavras, pois está muito além da imaginação.

Que venha o Oscar 2025!

E que venha O Messias o mais rápido possível!



Comments


bottom of page