logo.png
  • Cardoso Júnior

Blackbird – A Despedida –Inglaterra - 2020

Atualizado: 7 de Nov de 2020


Quando um diretor depara-se com roteiro excepcional e tem a sorte de contar com elenco magistral, ele não precisa enfeitar o pavão ou encher linguiça com efeitos especiais; Ele parte pra fazer cinema, cinema de verdade!




Esse é o caso do magnífico #Blackbird, (releitura americana do dinamarquês, Silent Heart- 2014), que estreou no Festival de Toronto/ 2019 e chega agora em VOD, onde o diretor Roger Michell (Um Lugar Chamado Notting Hill), apresenta-nos um mais que potente e realista drama sobre tema que poucos gostam de encarar tendo como fio condutor uma reunião familiar onde eclodem uma gama de conflitos proporcionando-nos uma experiência emocional tão hipnótica quanto devastadora.

Não, não se trata de mais um outro drama sobre famílias disfuncionais que abundam no cinema. Blackbird com seu magnífico elenco e atuações poderosas - onde a cada um é permitido um grande momento cênico - é uma gratíssima surpresa pelo magistral equilíbrio entre drama profundo e humor situacional que propicia a leveza imprescindível para discutir com honestidade ímpar tema tão espinhoso como a eutanásia.

A habilidade da direção pra contar essa estória simples e retilínea (ufa, sem flashbacks), é tamanha que salta aos olhos o ritmo perfeito, o trabalho de câmera sobrepondo personagens na captura do momento emocional de cada um e uma fotografia inovadora amparada por iluminação natural – muitos brancos- favorecendo a eficiência e a naturalidade da belíssima cenografia interna quanto nas poucas e belas tomadas externas.

Extremamente delicado e inteligente no trato e no desenvolvimento das também contundentes subtramas, e deixando que seus personagens evoluam naturalmente dentro de picos e alternâncias emocionais, o terno roteiro nunca perde o foco no plausível ao expor intimidades profundas sem jamais abrir mão da doçura sem apelar para o sentimental mantendo o tom fílmico dentro da lógica existencial.

Assim, se não é o melhor filme do ano, é seguramente, uma expressão genuína da sétima arte entrando pra categoria dos inesquecíveis.



TRAILER

Galeria