top of page
logo.png
  • Cardoso Júnior

All Quiet on the Western Front-Alemanha-2022


Um dos 15 semifinalistas a categoria Melhor Filme Internacional no #Oscar2023, é uma primorosa readaptação do livro de Erich Maria Remarque, de 1929, #AllQuietontheWesternFront, ou “Nada de Novo no Front” espetacularmente dirigido por Edward Berguer que ficou mundialmente conhecido pela direção da minissérie “Patrick Melrose” .

Essa primeira versão Alemã para os cinemas leva-nos para o front da 1ª Guerra Mundial sob os olhos do jovem soldado Paul Baumer (trabalho impecável) que, entusiasticamente movido e motivado pela política e ideologia de então, deixa sua pacata e bela cidade em companhia de seus amigos para os horrores, carnificinas, angustias e desesperos de uma linha de frente.


Muito diferente em técnica e originalidade do espetacular “1917” #NadadeNovonoFront, essa adaptação centra-se quase que exclusivamente em momentos aterrorizantes de combate fazendo com que fechemos os olhos em algumas tomadas desnecessariamente mais longas que o necessário enquadradas para causar impacto no público que precisa de algumas pitadas de sadismo para suportá-las sem se horrorizar.

Tecnicamente irrepreensível nos quesitos de roteiro adaptado, fotografia, atuações, cenografia, figurino, trilha sonora e som, infelizmente peca em construções lentas que o levam para torturantes 2horas e 30 minutos de tela onde a violência explode, ligeiramente amenizada por belos momentos de amizade e de tentativas de armistício, no pior cenário que a humanidade poderia construir para uma geração inteira de “meninos” enquanto homens maduros se encastelam em “confortos” materiais e ideológicos.



bottom of page