logo.png
  • Cardoso Júnior

Corpo e Alma- Hungria-2017

Atualizado: Ago 18


O vencedor do Urso de Ouro e júri ecumênico e, aposta da Hungria a uma vaga no Oscar 201'8, é um estranhíssimo, mas nunca bizarro, tipo de romance que transita entre personagens com sérios problemas emocionais e a junção deles através do plano onírico e as possibilidades concretas a partir dele. Inusitado! Estranhamente tendo seu epicentro narrativo dentro de um matadouro bovino, não nos poupa de imagens realistas ao extremo em relação aos animais de forma que, quem for muito sensível à causa, deve evitá-lo de todas as maneiras ainda que seja uma realidade cotidiana e mundial. Explorando ao máximo o naturalismo sobre a força da melancolia da vida humana e, fazendo um inteligente paralelo entre as realidades e o abstrato, “On Body and Soul” cumpre, com boas doses de sutilezas e os minimalismos dos gestos e olhares, a árdua tarefa de entrar no inusitado mundo dos seres que, uma vez feridos emocionalmente, entram na defensiva quando o assunto é amor. Bem interessante! Juntando o ótimo trabalho de câmara que registra em azul e branco as belezas do reino animal e na contrapartida dos tons pastéis e frios da perversa realidade com os “esquisitos” protagonistas e a imprevisibilidade da narrativa que contrapõe humanos e bovinos, instintos x sentimentos, transita com elegância entre o terno e o áspero até nos levar a um clímax surpreendente. Ainda que não seja um trabalho para todos os públicos, “Corpo e Alma" com previsão de chegar aos cinemas brasileiros no final de dezembro/17, fez e faz por merecer os importantes prêmios recebidos.

TRAILER

#Europa #analise #Análise #Oscar2018