logo.png
  • Cardoso Júnior

Antropoide - Reino Unido-2016

Atualizado: Ago 17


Ainda que filmes com temas referentes à segunda guerra mundial já tenham sido amplamente explorados pelo cinema e por vários diretores, vez ou outra surge um ângulo novo, uma faceta desconhecida do grande público, pertencente a história, que ainda não tinha sido revelada.

Ponto para o cinema por esse seu poder de trazer às mentes ávidas por conhecimento, fatos relevantes de um momento lamentável, mas importante na história da humanidade.

E é sob essa ótica, que o bom “Antropid” joga luz sobre os desconhecidos heróis da resistência checoslovaca e da incrível, audaciosa e suicida missão de assassinar o terceiro homem mais importante na hierarquia nazi conhecido como o açougueiro de Praga.

Neste ponto você pode estar lembrando de Operação Valquíria (2008) que, tangencia o mesmo plot, mas são dois trabalhos muito distintos e não vamos compará-los deixando a tarefa para estudiosos do assunto/período.

Com bela e realista fotografia explorando locais históricos da belíssima capital da hoje república Checa, primorosa reconstrução de época nos figurinos e cenários, ainda nos brinda com consistente interpretação de Cillian Murphy, a apenas razoável coadjuvância de Jamie Dornan, peca, ligeiramente, na longa apresentação dos personagens /articulação da missão, que pode comprometer, um pouco, o clímax do espetacular último ato.

Ponto para direção e roteiro que se esquivam dos batidos clichês do tema ao direcionar, o tempo todo, o foco nos futuros mártires e na minúscula, mas tenaz resistência evitando ao máximo trazer elementos/ tropas nazistas para a narrativa.

#Anthropoid” ainda que perca em clímax/ tensão já que não pretende ser mais um filme de ação, tem o enorme mérito de resgatar respeitosamente uma história real revelando um episódio relevante e desconhecido do público.

Ponto para o cinema de conteúdo!

TRAILER

#Europa #Análise