logo.png
  • Cardoso Júnior

Segunda Chance- Dinamarca-2015.

Atualizado: Ago 15


Com um inovador roteiro sobre decisões que temos que tomar em momentos de desespero, explora questões morais versus questões legais e lida com a incógnita de até onde seríamos capazes de ir diante de situações limites. Qual a linha que separa o certo do errado? Podemos pular essa linha? Quais seriam as conseqüências? Amparado por ótimas atuações e uma câmera que praticamente nos impele a seguir os passos das personagens, centrando as ações em torno de dois bebes, o que, por si só, é um tema muito delicado gerando alta tensão, principalmente quando cercados por pessoas em profundo desespero emocional.

E são exatamente esses elementos que nos fazem acompanhar este drama policial não sem certa angústia com a urgência que move os personagens, um grande interesse pelo desenrolar dos fatos até que, já quase no final, o roteiro se perde em inverossimilhanças destruindo toda a credibilidade que havia conquistado. Uma pena, mesmo assim, é um alívio ver algo bem interpretado e realizado fugindo das batidas e repetitivas tramas hollywoodianas. Vale ver.

TRAILER

#Europa #Análise