logo.png
  • Cardoso Júnior

21 Gramas -EUA 2003

Atualizado: Ago 14


Então, após 3 anos do retumbante sucesso de "Amores Perrros", Iñárritu e seu roteirista, Guillermo Arriaga, alçados à Hollywood, lançam 21 gramas que, em princípio, é, segundo estudos científicos, o peso da alma humana. Seguindo a mesma linha do trabalho anterior, onde a estrutura narrativa assemelha-se a um quebra-cabeças cujas peças nos surgem aleatórias, sem cronologia alguma, e vamos juntando-as, com prazer em busca do quadro geral da compreensão fílmica. Brilhantemente, mais uma vez, o entrecruzamento de estórias paralelas, de certa forma, interligadas pelo arco dramático dos personagens em suas buscas por soluções, somado a interpretações contundentes, inevitavelmente, provoca um exercício intelectual prazeroso no acompanhamento. Se, amarras com o passado que todos nós temos, são como pedras no caminho que tornam mais penosas a libertação e a busca pela felicidade individual, 21 gramas nos fala de forma genial sobre lutas internas e externas, expiações e ações em busca da liberação das amarras e da busca pelo equilíbrio emocional. Assim, Iñárritu, sem descambar para uma pseudo-intelectualidade autoral, mantêm sua assinatura com pulso firme e, mais uma vez nos leva à perplexidade reflexiva.

TRAILER

#AméricadoNorte #Análise