Rainhas Do Crime – EUA – 2019

15 Aug 2019

 

1978, quando os maridos de Kathy, Ruby e Claire são presos em um assalto, as três decidem tomar seus lugares e controlar a máfia irlandesa em Hell´s Kitchen, sacodindo as conjunturas estabelecidas, forçando o estabelecimento de novas, e novas relações de poder.
 

 


O roteiro de Andrea Berloff, linear, é mais circunstancial do que assertivo, pois não possui espinha dorsal e estrutura dramatúrgica bem definidas, mas, mesmo assim, consegue contar uma história interessante, tragicômica e atual, quando discute o tão abordado tema do lugar da mulher na sociedade, em ambiente mais refratário, impossível: o mundo do crime. Apesar dos conflitos parecerem se resolver facilmente, há uma trama subliminar, observada em tensões que não se dissipam, que evoluem entremeadas às outras, responsável por reviravoltas interessantíssimas. Apesar do ambiente insalubre, o texto também aborda questões importantes do universo feminino, a fragilidade, a submissão, a vulnerabilidade, a preservação e proteção dos filhos, as abordagens mais construtivas e objetivas, que as levam às ações mais inesperadas.

 

A direção também de Andrea é excelente, especialmente no quesito atores. Além de tomadas diferenciadas e interessantes, sua condução forma um elenco tão afiado e coeso, como há muito não se vê, não há elos fracos, todos os atores dão o seu melhor. Dito isso, Melissa McCarthy dá um show em personagem multifacetada e com muito mais em jogo do que as suas comparsas, Tiffany Harddish e Elisabeth Moss, também primorosas, especialmente, a última. Domhnall Gleeson mostra grande amplitude interpretativa em bela atuação, mostrando por que é um dos grandes da atualidade. Margot Martindale, mais uma vez uma megera, entrega uma completamente diferente de todas as outras que já interpretou, e impressiona. A música contextualiza muito bem o período e as tensões cênicas. A reprodução de época é fantástica, a fotografia e a edição, excelentes.

Uma trama interessante baseada na HQ da DC, com uma estrutura narrativa diferenciada, que poderia ser melhor desenvolvida, mas com um elenco tão coeso e brilhante, que dissipa qualquer lapso narrativo. Vale assistir.

Em cartaz.
#WarnerBrosPicturesBrasil #WarnerBrosPictures#WarnerBros #NewLineCinema #BRON #DCVertigo

 

 

 

TRAILER

 



 

Please reload

© 2018 por ACADEMIA DE CINEMA. Criado por Matheus Fonseca, todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram-v051916_200

CURTA-NOS NO FACEBOOK