• Academia de Cinema

Passageiros- EUA-2017


Somente em função de ter sido pré-selecionado ao Oscar 2017 na única categoria de Efeitos Especiais, fomos assistir.

Que bobagem, nem vale uma análise detalhada, mas como está em cartaz nos cinemas....

Bem... a premissa inicial, algo intimista, talvez buscando um caminho psicológico é algo que prende atenção em seus 20 minutos iniciais, mas, a partir daí, é uma sucessão de decepções; algumas até risíveis.

O romance espacial proposto e entregue à dupla Jennifer Lawrence e Chris Pratt é tão cheio de clichês e frases bobinhas e a química entre os dois tão fake, que quando chega a hora dos efeitos especiais pra valer, o desinteresse pela narrativa já contaminou de tal forma que só resta conferir se ainda há bastantes pipocas no saco.

A indecisão e mistura de gêneros dentro de um dos piores sci-fi de todos os tempos, que oscila entre comédia, ação ou romance, embora conjure um elenco “famoso”, zera o suspense de tal forma que nada sobra, nem mesmo os tais efeitos.

Ok, "Passengers" é aquele tipo de filme feito exclusivamente para colocar alguns milhões no bolso dos protagonistas e deixar o expectador com a sensação que foi enganado. Em cartaz.

TRAILER

#Hollywood #Análise #Oscar2017

4 visualizações