logo.png
  • Cardoso Júnior

Interrogation -Índia-2016

Atualizado: Ago 17


O enviado da Índia para apreciação no Oscar 2017 e que não foi selecionado entre os nove pré-finalistas, é uma história tão real quanto chocante, triste e lamentável.

Baseado em livro que foca um grupo de imigrantes internos (sim, em se tratando da índia com suas divisões de castas e idiomas, tudo pode acontecer e acontece), essa mais uma história sobre injustiça da justiça envolvendo e revelando a corrupção na polícia e na política indiana e que gerou grandes debates na sociedade, é de estarrecer e literalmente fazer doer o mais gélido dos corações.

Muito distante de mais um cinema pipoca, “#Visaranai” em seus 108 minutos, abre mão da beleza, mas nunca da elegância narrativa, consegue ser impecável com seus diálogos afiadíssimos, por lidar com o suspense de forma criativa e efetiva, inserindo atores desconhecidos com performances realistas, polemizando sobre os direitos humanos e chocando com a apresentação das estatísticas finais que comprovam como funciona o sistema judiciário na Índia penalizando sempre os de castas inferiores.

Embora o mercado Indiano de cinema seja o de maior rentabilidade mundial, suplantando em muito o hollywoodiano, “Interrogatório” peca no mesmo quesito do cinema Brasileiro ao insistir em levar para o mundo temas regionais que, dificilmente, despertarão o interesse global.

Ainda assim, cumpre sua missão social, cinematográfica e política de forma colossal,expondo as deformidades de um sistema que busca nas classes mais baixas da população os seus bodes expiatórios para a solução aparente e rápida de seus problemas.

Muito provavelmente, jamais encontrará espaço no circuito nacional (cada vez mais dedicado e entupido de bobagens comerciais), mas, felizmente, mais uma vez a plataforma Netflix salva o verdadeiro cinéfilo colocando a obra na sua grade.

TRAILER

#Bollywood #Análise #Oscar2017