logo.png
  • Cardoso Júnior

As Memórias de Marnie - Japão-2014

Atualizado: Jul 31


Talvez a última produção do maior estúdio de animações do mundo, (estúdio Ghibli), responsável por verdadeiras obras primas nessa categoria onírica, “Omoide no Mânî”, em uma única palavra é : Deslumbrante! Com sua paleta de cores que nos remete a belíssimos, preciosos e admiráveis quadros, trilha arrebatadora, diálogos singelos e profundos, não teme, mais uma vez em trazer, ainda que de maneira sutil, um tema muito sério como a depressão infantil. Uau! Inteligentemente, o roteiro (baseado na literatura inglesa), opta por tratar o difícil tema através de delicadas metáforas deixando as reflexões no terreno da empatia e sentimentos provocados. Ao retratar nossos próprios medos que nos paralisam, você pode até achar que não é um tema “infantil”, mas a sabedoria fílmica o trabalha com tão singela ambiguidade que, cada idade irá extrair dele o que pode captar. Uma arte! A ousadia de trazer um “Tom boy” para as telas, ainda que, outra vez, de forma delicadíssima, faz com que cada um, automaticamente, compare a outros trabalhos deste portentoso estúdio como: “A viagem de Chihiro” ou “Vidas ao Vento”, mas,“ As Memórias de Marnie”, com sua beleza estonteante, honra de forma digna a arte da animação, configurando-se no mais belo trabalho nesta categoria em 2015. Imperdível! Ps: Passou discretamente pelo star dos cinemas Brasileiros em Novembro/2015. Que dó!

TRAILER

#Asia #Análise #Oscar2016 #Animação

0 visualização