Vision – Japão – 2018

13 Sep 2019

 

 

Jeanne vai ao Japão em busca de uma erva lendária que ressurge a cada 997 anos, e em suas florestas descobre muito mais do que esperava. O roteiro de Naomi Kawase, que também o dirige, apesar de abusar de imagens destituídas de dramaturgia, mas que adicionam beleza e miram o poético, faz uma boa introdução, mas se perde no desenvolvimento, e na conclusão.
 

 

Roteiristas deveriam ter em mente, ao escreverem seus textos, que os espectadores, como os leitores, reescreverão suas narrativas, criando as suas próprias, mas, para tal acontecer, sua dramaturgia deve muni-los de informações, visuais e textuais, e conexões o suficiente para que consigam construir uma história com a qual se identificam e se conectam. Vision falha nesse quesito, pois há tantas hipóteses abertas, tantas pontas soltas, que torna muito difícil a criação de uma trama, com a qual o espectador consiga se consubstanciar. O roteiro há de deixar espaço para reflexão, se não se torna óbvio, mas demais questões, não resolvidas ou mal resolvidas, quebram a cognição e dificultam a identificação.
 

 

Dito isso, a direção de Naomi ainda consegue resgatar um pouco seu próprio texto, apresentando belíssimas imagens, apesar de abusar um pouco daquelas destituídas de dramaturgia. Juliette Binoche, o nome principal do elenco, está em atuação demasiadamente emocional, quando algo mais austero seria interessante, são lágrimas demais. Vale ressaltar as belas atuações de Mari Natsuki, como a cega Aki, e de Takanori Iwata, o jovem misterioso Rin. Masatoshi Nagase, o nome de maior peso do elenco japonês, entrega atuação competente, nada mais. A fotografia é excelente, a música é muito boa e contextualiza bem o texto, mas poderia ser melhor. Edição e arte são muito boas.

Uma história com muito potencial, pouco aproveitado pela incapacidade de criar bons laços cognitivos que permitam o espectador a criar a sua própria narrativa.

Em cartaz
#Imovision

 

 

TRAILER

 


 

Please reload

© 2018 por ACADEMIA DE CINEMA. Criado por Matheus Fonseca, todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram-v051916_200

CURTA-NOS NO FACEBOOK