Gloria Bell – EUA – 2018

5 Apr 2019

 

Sebastián Lelio é um grande contador de estórias, mais especificamente, do universo feminino. Gloria Bell, como o próprio nome denota, é mais uma. O roteiro, baseado em história sua e de Gonzalo Maza, belissimamente escrito por Alice Johnson Boher, é, basicamente, situacional, e traz uma trama simples, abastada de circunstâncias que constroem a matiz da protagonista, uma mulher nos seus cinquenta, divorciada, filha, mãe e avó, que busca a felicidade dançando nas noites, até que, por fim, encontra Arnold.

 

Centrado na protagonista, as conjunturas se sucedem, umas às outras, transformando a personagem, e, talvez, não funcionassem, não fosse Juliane Moore a interpretando. Há muitas delicadezas, sutilezas, exageros, explosões na personagem que requerem grande amplitude de sua interprete e Juliane a conduz com muita precisão, apesar da diversidade de tensões, conflitos e de suas intensidades. Surpreende uma atuação tão ímpar e diferenciada, relegada nas premiações, quando vemos outras tão ínfimas indicadas, vai se saber.

 

John Turturro, como Arnold, algumas vezes consonante, outras dissonante, faz um excelente contraponto à Gloria. O excelente elenco inclui Michael Cera, Jeanne Trippehorn, a sempre diferenciada Holland Taylor, entre outros. A condução de Sebastián Lelio esculpe cenários femininos com enfoques realistas, encontrando os ângulos e distanciamentos que os imbui de veracidade e humanidade. Gloria é aficionada por músicas dançantes da década de 70, que são oportunamente entremeadas à original que preenche proficientemente as lacunas. Fotografia, edição e artes são ótimas.

 

Gloria Bell é uma encantadora jornada a um universo feminino muito comum na atualidade, quando muitas mulheres entram nos cinquenta, sozinhas, de um casamento desfeito, com filhos criados, às vezes, avós, mas que ainda têm uma vida inteira pela frente e expectativas de felicidade, como qualquer outra. A última cena é um show de interpretação silenciosa de Juliane Moore, reparem as diversas tonalidades emocionais. Imperdível.

 

Em Cartaz.
#SonyPictures #SonyPicturesInternational #Stage6Films#FilmNationEntertainment #Fabu

 

 

 

 

TRAILER

 

 

Please reload

© 2018 por ACADEMIA DE CINEMA. Criado por Matheus Fonseca, todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram-v051916_200

CURTA-NOS NO FACEBOOK