A Vida Em Si – EUA – 2018

13 Dec 2018

 

 

Dos criadores da série dramática americana “This Is Us”, #AVidaEmSi(#LifeItself) é, em diversas perspectivas, um drama superlativo. Mais próximo do veículo televisão do que da tela grande, o filme narra a saga de duas famílias, uma americana e a outra espanhola, que o destino, surpreendentemente, entrecruza.

 O roteiro de Dan Fogelman, hiperbólico, é, propositadamente, divido em capítulos, cinco no total, e constrói uma trama intricada com incríveis coincidências, que o cético não acreditará e o crédulo se envolverá como se tivessem sido escritas nas estrelas, dignas de narrativas de novelas das oito. Os diálogos são igualmente exagerados, repletos de frases de efeito, especialmente, no capítulo um, proferidas pelas personagens Will e Abby, adentrando o cafona. Previsível a partir do terceiro capítulo, resta ao espectador apenas desvendar como será contado o enredo que já anteviu. Entretanto, é um roteiro muito bem montado, a história se encaixa com perfeição para abismar o público e brinca, mesmo que superficialmente, com o narrador não confiável tanto dentro do texto, como também no próprio.

 

A direção, também de Dan, substancia as casualidades textuais com o uso repetitivo de imagens que as tornam relevantes, como, por exemplo, do menino dentro do ônibus, e conduz os atores competentemente. O elenco é o ponto forte do filme, com nomes do porte de Annette Bening, Oscar Isaac, Mandy Patinkin, Jean Smart, Olivia Wilde, Antônio Bandeiras, longe de seu usual canastrão, e os excelentes Olivia Cooke, Sergio Peris-Mencheta, Laia Costa e Àlex Monner em belas atuações. Samuel L. Jackson faz uma pequena participação como o narrador não confiável do roteiro de Will. A fotografia é funcional, diferenciando cuidadosamente tempo presente de flashbacks e capítulos. A música parece feita para a televisão, o que se confirma analisando o currículo de seu autor, Federico Jusid. Edição e arte são competentes.

 

 

Um drama, digno de uma tarde em frente à televisão, cheio de voltas e reviravoltas mirabolantes, que a uns pode pasmar e a outros entediar, é o que apresenta A Vida Em Si que, apesar dos pesares, traz mensagens tocantes e algumas surpresas narrativas. Uma opção interessante.

 

 

 

 

 

 

PS: Em cartaz.

 

TRAILER 

 

 

Please reload

© 2018 por ACADEMIA DE CINEMA. Criado por Matheus Fonseca, todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram-v051916_200

CURTA-NOS NO FACEBOOK