De Repente Uma Família – EUA – 2018

10 Dec 2018

 

 

Inspirado em uma história real,#DeRepenteUmaFamília conta a estória de Pete e Ellie, um casal sem filhos e perto dos quarenta, que reforma casas decadentes e as vendem, quando decidem adotar uma criança.

O roteiro de Sean Anders e John Morris é, propositadamente, didático, ilustrando, nos EUA, o sistema de adoção, as etapas de seu processo, bem como as agruras e alegrias de uma família instantânea. Pete e Ellie simpatizam com a adolescente Lizzy, cuja mãe, viciada em crack, está presa por uso de drogas, e que vem com dois irmãos menores, Juan e Lita, o trio, que se revela, a rebelde, o inseguro e a mimada.

 Com delicadeza, o texto desvenda as perspectivas, sensível e sensata, de diversos ângulos, dos novos pais, dos filhos acostumados com a constante mudança de lares, do sistema e da justiça familiar americana, dos pais biológicos, e de outras famílias que vivenciaram a mesma situação, e que, apesar de terem experiência, ainda convivem com as consequências das conjunturas, suas e de seus filhos.

Sean Anders, diretor de comédias, consegue, com muita habilidade, manter a comicidade sem prejudicar a dramaticidade e a sensibilidade do tema, em firme e competente direção, especialmente, dos atores-mirins. Mark Wahlberg revela veia cômica e emotividade tão diferentes do estereótipo que tanto representa, em ótima atuação. Rose Byrne mostra habilidade para criar diferentes e sólidas personagens apesar de suas similitudes, já foi vista este ano em Juliet, Nua e Crua. Octavia Spencer honra tanto a sua estatueta, quanto as outras indicações ao Oscar, em bela e diferenciada atuação. Isabela Moner, Gustavo Quiroz e Julianna Gamis, respectivamente, Lizzy, Juan e Lita, compõem o excelente elenco infanto-juvenil, com maior destaque para Moner. O elenco ainda conta com as formidáveis Margot Martindale, Julie Hagerty, Tig Notaro e Joan Cusack, a última em participação especial. Ótimas fotografia, edição e música, arte, excepcional.

Um filme leve, mas substancial, de tema relevante, especialmente em países como o nosso onde impera a pobreza, é o que traz o agradável De Repente Uma Família (#InstantFamily). Vale a ida ao cinema.

 



PS: Em cartaz.

 

TRAILER

 

 

Please reload

© 2018 por ACADEMIA DE CINEMA. Criado por Matheus Fonseca, todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram-v051916_200

CURTA-NOS NO FACEBOOK