Uma Verdade Mais Inconveniente – EUA-2017

10 Nov 2017

 



Caso você tenha assistido o vencedor do Oscar 2006 de Melhor Documentário, “Uma Verdade Inconveniente”, que gerou enorme polêmica mundial, não só já sabe do que se trata, bem como não se surpreenderá muito com essa continuação.

O Ex-vice-presidente, grande ambientalista, detentor do Nobel da Paz, Al Gore, após dez anos, retoma o tema do Aquecimento Global, dessa vez, não apenas para mostrar as conseqüências das mudanças climáticas, mas também para falar sobre os avanços otimistas em relação à obtenção de energia limpa para o planeta, atualizando e avançando no tema focado no documentário anterior. 

Claro que, para tanto, não poderia deixar de usar belas e tristes imagens fortíssimas de magníficas geleiras derretendo, explicando a elevação do nível dos oceanos, grandes queimadas, furacões e tempestades assustadoras não apenas nos EUA, mas também na Europa, África e Ásia, aproveitando para trazer à baila e apresentar informações técnicas sobre a evolução do Aquecimento Global nos últimos dez anos e a atual situação do grande problema. 

Desistindo de focar apenas em tragédias naturais, este trabalho apresenta uma série de progressos feitos pelos países, principalmente, pasmem, pelo Chile, nosso vizinho, na obtenção de quase 90% de energia solar para a nação. 

Com fulcro dramático centrado na Conferência sobre Mudanças Climáticas, na França, em 2015, revela também uma trama tensa sobre a intervenção de Gore nos bastidores para a obtenção da alteração do voto da Índia e na negociação financeira realizada para que o país, por fim, aceitasse a redução do uso do carvão fóssil. Diplomacia! 

Didático e carismático, Gore apresenta sua luta pelo mundo em prol da nobre questão ambientalista, mas infelizmente, o roteiro tangencia uma linha de auto promoção pessoal perdendo o tom grave que vinha trilhando, partindo para uma propaganda, nos momentos finais, que acaba por, ao tentar arregimentar pessoas para a causa, dividir a essência do todo.
Ainda assim, em tempos de Donald Trump, retirando-se do Acordo de Paris, o longa reforça bastante a necessidade da união de todos os países a despeito de posições políticas em prol do futuro do nosso planeta.

Assim, “An Inconvenient Sequel: Truth to Power” muito provavelmente chegará ao Top Five no Oscar 2018, sem repetir o feito de 2006, mas vale ser visto até como uma ótima atualização de um assunto que interessa, ou deveria, a todos. 


 

 

 

TRAILER

 

 

Please reload

© 2020 por ACADEMIA DE CINEMA. Criado por Matheus Fonseca, todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram-v051916_200

CURTA-NOS NO FACEBOOK