top of page
logo.png
  • Cardoso Júnior

Un Monde – Bélgica -2021

Atualizado: 14 de nov. de 2021

O candidato da Bélgica ao #Oscar2022, fala-nos sobre uma batalha psicológica que todos nós enfrentamos, presenciamos ou participamos de alguma forma no começo de nossas vidas sociais: O Bullyng colegial.


#Playgraund, o primeiro longa-metragem de Laura Wandel, trás um olhar frio e muito realista da infância, focando numa menina em sua solitária e primeira batalha nesse novo mundo (o título em francês é muito mais pertinente que o inglês), gerando dilemas morais assustadores, num genuíno estudo sobre a dinâmica de poderes entre crianças, adultos e sistema educacional.


Sem tecer críticas ou comentários o roteiro nos apresenta uma experiencia singular e totalmente centrada entre os muros de uma escola enquanto uma sagaz câmera corre junto a protagonista em tomadas interruptas sempre enquadrando a partir de um ponto de vista infantil onde tudo é muito grande ou muito alto.


A interpretação da protagonista mirim é fascinante e os constantes close-ups captam seus pensamentos ampliando seu drama psicológico em constante busca das decisões mais acertadas frente a perda da inocência ao descobrir que crianças podem ser muito cruéis e que o sistema educacional não está preparado para evitar traumas.


Talvez, essa amarga experiência possa ser um preparatório para o futuro enfrentamento do mundo adulto já que, desde muito cedo aprende-se que para não ser massacrado pelos maiores é necessário abusar dos menores. Ok, uma triste realidade que crianças levam para seus futuros através de um comportamento aprendido, mas é triste e revoltante de se constatar o desenvolvimento do instinto de sobrevivência tão cedo.


#UnMonde certamente será impactante para quem já sofreu bullying e é um alerta para que adultos, pais e professores, se tornem mais atentos ao mundo seguro que matricularam os filhos.



bottom of page