logo.png
  • Cardoso Júnior

Um Herói – Irã -2021


Ao saber que Asghar Farhadi (duas vezes vencedor do Oscar), e vencedor de Cannes 2021 está disponível, não há cinéfilo nesse mundo que não entre em aflição extrema para ver o novo trabalho uma vez que ele é um dos melhores contadores de estórias da contemporaneidade e grande mestre em partir de uma situação simples, explorando suas derivações e complexidades morais até a última gota.

Partindo de um roteiro linear, Farhadi cria um suspense paulatinamente angustiante, repleto de enigmas que vão, aos poucos envolvendo o protagonista, sua família e ciclo te amigos até atingir toda uma comunidade através da mídia, a partir de uma situação “banal” onde tudo que parece certo e louvável vai, aos poucos, enchendo inevitavelmente o expectador de dúvidas, desconfianças e incertezas.


Com habilidade magistral, Farhadi, vai ampliando o foco de uma ação corriqueira executada por um único homem distendendo as consequências para o escrutínio de uma sociedade havida em julgar, opinar e se posicionar diante do que pensa ser o certo e o errado. E, qualquer relação com os tempos atuais não é mera coincidência, é um magnífico retrato do mundo globalizado.

O mais interessante na proposta é que o diretor se exime de qualquer julgamento de seus personagens deixando a provocação e a difícil função de juízes para os expectadores que, desde o início são arrastados inapelavelmente para o vórtice da situação. Verdade ou mentira? Uma simples coincidência ou um plano mirabolante?


Desenvolvido com uma certa lentidão e isso não é nenhum demérito, o roteiro de # AHero, tem tempo de explorar a ambiguidade e os interesses secretos de todos os envolvidos criando um drama poderoso onde cada informação nova surge com o objetivo de obscurecer cada vez mais as certezas refletindo a sociedade atual que, a cada nova notícia muda seus pontos de vista e opiniões.


Com elenco grande, mas muito competente, cada um tem seu espaço cênico para brilhar num trabalho onde os quesitos técnicos são irrepreensíveis e a inteligentíssima construção sobre simbolismos aproveita para fazer um profundo mergulho na alma humana construindo um trabalho portentoso sobre o poder do dinheiro.