top of page
logo.png
  • Foto do escritorCardoso Júnior

Sanremo – Eslovênia – 2021


#Senremo, candidato da Eslovênia ao #Oscar2022 trata de um tema difícil já tratado diversas vezes pelo cinema - Velhice e senilidade - que é muito difícil de acompanhar embora o diretor de um tratamento cinematográfico muito delicado e humano sem grandes dramatizações.

A simples premissa dos dois protagonistas moradores de um asilo que se conhecem e se amam, mas no dia seguinte recomeçam tudo novamente já que esqueceram o dia anterior, poderia e deveria ser fantástica, entretanto o roteiro se arrasta e acaba por não aproveitar muito a ideia coisa que compromete e enfraquece o todo.

A fotografia é interessante, associando as névoas quase constantes, a neve e o frio as mentes enevoadas e entorpecidas das personagens enquanto a trilha sonora abstrata ajuda a fortificar o efeito, mas o compreensível, mas cansativo ritmo fílmico acaba por decepcionar.


Sanremo é um retrato do lado triste da velhice que pode comover, mas carece de uma estória que explorasse melhor ou de forma maior o original romance principal evitando cair na monotonia pertinente mas desnecessária. Sanremo me fez sentir falta de "Um Homem Chamado Ove- 2016) comentado em 16/10/16




Comments


bottom of page