logo.png
  • Fábio Ruiz

Os Pequenos Vestígios – EUA – 2021


#TheLittleThings, escrito e dirigido por John Lee Hancock de Um Sonho Possível, é um suspense policial que parece prometer resgatar o gênero, mas que, em guinadas no final do roteiro, entrega completamente sua verosimilhança para trilhar veredas mais polêmicas. O texto constrói muito bem suas personagens, um experiente policial assombrado por um caso não resolvido, outro, novato ambicioso e competente, um suspeito com perfil e comportamento de psicopatas, e os principais coadjuvantes, todos, com funções na dramaturgia, e uma trama muito bem desenvolvida que elabora suspenses e tensões até quase o final, quando abre mão da verosimilhança no momento em que o policial novato entra no carro do suspeito para desviar a narrativa para questões de corrupção policial, levemente insinuando um cenário sistêmico, esquivando-se de cativar os fãs do gênero com um desfecho mais interessante e original.

A direção é ótima, especialmente, no quesito condução dos atores, que parece ter funcionado muito bem com Jared Leto, em atuação fenomenal, simples, sem afetações e funcional, e com o elenco coadjuvante, muito bom, mas nem tanto com Denzel Washington, que parece ter perdido um pouco as características que o tornaram ícone, e, muito menos ainda, em Rami Malek, que, entre caras e bocas, parece que padecerá da síndrome do Oscar, em que muitos atores entregam performances muito inferiores àquela que lhes premiaram com uma estatueta. Cenografia, adereços e figurinos, excelentes, recompõem muito bem a década de noventa, e se destacam entre os quesitos técnicos, que, no geral, apresentam boa qualidade.

#OsPequenosVestigios, um bom filme de suspense, que poderia ser muito melhor, não tivesse Hancock enveredado por corrupções policiais, em reviravolta pouco orgânica no final. Vale assistir.





TRAILER