logo.png
  • Fábio Ruiz

Os Especiais – França – 2019



#OsEspeciaistrata da conjuntura social e política dos autistas na França, onde o Estado é incapaz de atender às necessidades da sociedade, enquanto, ao mesmo tempo, audita e cobra de associações, que cuidam dos Especiais, aquilo que o próprio não consegue oferecer. O roteiro, sem trama bem definida, apresenta uma dessas associações, que buscam acomodar e ajudar o máximo de pessoas possível, durante a auditoria, apresentando a miríade de dificuldades e situações que enfrentam no dia a dia. O texto é um daqueles que aposta mais no valor humano do tema, do que na própria dramaturgia, que, relegada a segundo plano, apenas cumpre a função de construir um painel.


A direção de Oliver Nakache e Éric Todano, de Os Intocáveis, é excelente e ainda consegue construir alguma estória dentro de um painel. Muito oportuna em suas tomadas, vide cena de Valentin em meio aos carros, conduz com mãos firmes um elenco majoritariamente inexperiente. Vincent Cassel brilha no papel de Bruno, e o elenco coadjuvante é muito bom. Fotografia, música, arte e edição são ótimas.



#HorsNorme, um filme que funciona mais como uma denúncia do que como uma história, mas que mal ou bem acaba por contar uma. Uma opção interessante.