top of page
logo.png
  • Foto do escritorCardoso Júnior

O Charlatão– República Checa – 2021


O candidato da República Checa a uma vaga no Oscar 2021, é uma interessante cinebio sobre o herbalista polonês, Jan Mikolásek, que tratou com plantas medicinais milhões de pessoas (pobres, milionárias, desconhecidas e importantes) por décadas diagnosticando-as unicamente através de um exame a olho nu da urina.

Embora o título indique uma pessoa de má fé, a abordagem da conhecida diretora Agnieszka Holland distancia-se radicalmente desse tipo de caráter e conta-nos, de forma eficiente, uma bela história baseada em fatos mostrando-nos desde a formação “acadêmica” do protagonista na juventude até seu ocaso forçado deliberadamente pelo opressor governo comunista que sempre se insurge contra aqueles que ousam desafiar o estado totalitário com suas independências partidárias.

O roteiro constrói com maestria o estudo da intrincada personalidade do retratado ampliando-a através de nuances e sutilezas evitando focar em apenas um recorte pendulando equilibradamente através de bem encaixados flashbacks na complexidade de uma vida, conjugando muito bem não só a trama com a subtrama, mas também as dimensões temporais e aspecto díspares de um homem evitando a clássica biografia sobre um “injustiçado”.

Com interpretações mais que concisas repletas de modulações dramáticas, #Charlatan, com sua perfeita reconstrução de épocas nos mínimos detalhes ainda nos brinda com uma fotografia respeitável que, com paletas visualmente alternantes estabelecem muito bem os distintos períodos da história propiciando uma coesão narrativa muito bem executada.

Assim, #Charlatão (você decide se era um precursor da fitoterapia ou um aproveitador), é uma obra que merece respeito, ser conhecida e vista com prazer.



TRAILER



Comentarios


bottom of page