logo.png
  • Cardoso Júnior

Má Educação – EUA-2020

Atualizado: 2 de Mai de 2020


Após estreia no Festival Internacional de Toronto/ 2019, o diretor Cory Finley (Puro-Sangue,2017) , aposta na história real sobre o maior escândalo de desvio de verbas da educação da história dos Estados Unidos (11 milhões de dólares), para contar-nos ( será que já não vimos esse filme?) sobre ganância desenfreada, sobre ingenuidade de uma comunidade e sobre a vaidade exacerbada de um psicopata simplesmente irresistível.

O roteiro acerta no equilíbrio entre drama e comédia (humor negro), sem carregar muito em ambos fazendo da narrativa algo agradável de se acompanhar principalmente por não demonizar seus vilões enquanto investe nos escabrosos e sórdidos detalhes da vida dos protagonistas sem esquecer das torpezas dos que compõem o ótimo elenco de apoio.

Sempre transitando pelo realismo, o instigante desenrolar dos fatos segue sem transitar por moralismos, culpas, falsos julgamentos e pretensiosos estudos de personagens, #BadEducation, da chances a Allison Janney - mesmo com tempo menor em cena - de brilhar na composição de sua enérgica vigarista enquanto Hugh Jackman desvia-se de estereotipar sua personagem construindo talvez o melhor trabalho da carreira.

Distribuído pela sempre ótima HBO, #MáEducação não pretende ser trabalho onde questões técnicas ofusquem roteiro e personagens, não pretende criar suspenses e mistérios – você já sabe como aquilo tudo acabará, mas quer acompanhar- configurando-se num alerta reflexivo sobre como as consequências da vaidade pessoal e grupal, a construção de falsa imagem junto ao público, podem ser meros instrumentos a serviço da corrupção.

Sim, certamente conhecemos esse filme.




Ps1: Disponível na HBO.