top of page
logo.png
  • Foto do escritorCardoso Júnior

Entre Águas – Malta 2021


#Luzzu (nome dos barcos tradicionais dos pescadores malteses) utiliza-se de uma narrativa clássica para mostrar-nos com muita eficiência e sensibilidade a morte das tradições seculares engolidas pela globalização, através da luta, do cotidiano e das incertezas de um pescador.


O diretor maltês americano Alex Camilleri, em sua incrível estreia, coloca sua obra na corrida ao #Oscar2022, apresentando um drama familiar e contemporâneo no qual, sem necessitar de explicações, a trama se desenrola de maneira evidente e contundente.

Audaciosamente, o diretor, utiliza-se de atores não profissionais, mas que dão um verdadeiro show de interpretação naturalista enquanto a ágil câmera de mão vai nos situando dentro do drama de uma vida atual que parece coisa do passado, tamanho o embate entre tradições x modernidades que acabam deixando centenas de pessoas desempregadas, subempregadas ou, pior, enveredando para uma alternativa marginal.


#Entre Águas, é o retrato concreto de um mundo e seres “oprimidos” pelo capitalismo e não deixa de conter suas críticas ao inefável sistema, mas o inteligente roteiro não se fixa nelas e segue com sua bela trilha sonora contando-nos sobre um pescador, sobre histórias de pescadores, sob a ótica de um genuíno diretor que sabe como contar uma história.



Commentaires


bottom of page