logo.png
  • Fábio Ruiz

Crip Camp: Revolução Pela Inclusão – EUA – 2020


#CripCampADisabilityRevolution é um documentário sem melindres, a começar pelo seu título em inglês, traduzido para o português com vieses politicamente corretos como Crip Camp: Revolução Pela Inclusão, abrindo mão das espontaneidade e autenticidade que permeiam toda a sua brilhante narrativa, que gira em torno de uma geração de adolescentes deficientes que frequentou Camp Jened, um local típico de colônias de férias americanos, dedicados a jovens com necessidades, na época do Woodstock, que acaba por se unir para reivindicar não somente seus direitos, mas seus justos espaços na sociedade americana.

O texto acompanha a luta dessa geração por duas décadas e governos com comandos Republicanos e Democratas, focando especialmente no de Jimmy Carter, quando a luta se intensifica, e prima por demonstrar a altivez dos manifestantes e seus líderes em buscar um espaço igualitário na sociedade, sem vitimizações ou buscas por reparações que vemos hoje em movimentos semelhantes nos EUA, afinal, lutam por organicidade social, e não para ressaltar ainda mais aquilo que os fazem diferentes.

O estilo narrativo é assertivo, construindo a história desde a sua concepção em Camp Jened até alcançarem seus objetivos, com bastante descontração, humanizando demais as pessoas retratadas, que por muitos eram desconsiderados, e finalizando com a retomada dos precursores do movimento após suas vitórias, em trecho de forte emoção, mas desprovido de pieguices. Imperdível.




TRAILER