top of page
logo.png
  • Foto do escritorCardoso Júnior

Amor Esquecido – Polônia – 2023


Sempre que um filme está na Netflix é bom saber que a empresa segue quase que rigorosamente apostando em “Filmes para a família” e, mesmo com inúmeras e diferentes produções, o foco sempre será atingir e fidelizar esse público específico. Não que isso seja um problema - afinal é um comércio - no entanto, nunca espere por filmes que exijam muito da cabeça do espectador provocando reflexões e ou elucubrações intelectuais. A linha é clara: Agradar com produções muito bem realizadas que fisgam seu publico pelas emoções.

E, a refilmagem de #ForgottenLove, seu mais novo sucesso, é um bom exemplo do explicado acima.

 

A produção polonesa baseada no livro “Feiticeiro”, de 1937, coloca dentro de um roteiro competente todos os ingredientes para provocar comoções: Homem bom e íntegro que perde a família, filhos separados, sofrimento nas classes menos abastadas, um amor romântico de classes diferentes, uma megera fazendo de tudo para separa-los, muitos desencontros e reencontros, curas milagrosas dentro de um estoicismo que busca resgatar os princípios da verdadeira medicina, belos cenários e figurinos, trilha emocional para reforçar as emoções compondo um melodrama com ritmo contemplativo visando buscar a empatia do espectador por todos os personagens que, por muito pouco, não se torna açucarado ainda que totalmente previsível.


Em suas quase duas horas e meia de duração, em #AmorEsquecido vale ressaltar os belos cenários, as locações deslumbrantes, a fotografia belíssima, a direção de arte impecável, a perfeita trilha sonora que acompanha boas atuações e a direção de Michał Gazda que consegue um bom ritmo mantendo o pico de atenção dentro de uma estória comovente que, embora utilizando-se de alguns clichês, cumpre perfeitamente o objetivo de entreter.



TRAILER



Комментарии


bottom of page