logo.png
  • Fábio Ruiz

A Verdade – França – 2019

Atualizado: 19 de Ago de 2020



#AVerdadeé um filme sui generis, francês, escrito e dirigido por Hirokazu Koreeda de Shoplifters (Álbum de Família), baseado no conto de Ken Liu, conta uma estória ocidental com estilo narrativo oriental. Lumir, roteirista radicada em N.Y. retorna a casa da mãe, Fabienne, atriz consagrada, com seu marido, ator, e sua filha, para o lançamento do livro de memórias materno, desvelando conflitos entre as personagens, especialmente, entre mãe e filha, enquanto a primeira grava filme SCI-FI, onde faz papel da filha de uma mãe que não envelhece, e entre diversas questões aborda o impacto da vida de atores famosos, onde o que se sabe publicamente, difere do que acontece em suas intimidades, como esta “verdade” pública, inerentemente, acaba por se transpor para suas realidades, em versões que advém do esquecimento pelo tempo e da persona pública, e a hipocrisia da crítica a comportamentos alheios, quando também os praticam sem perceber.




A direção de Hirokazu Koreeda é excelente, tanto na condução dos atores, quanto em suas escolhas estéticas, com planos e sequências belíssimos, especialmente, aqueles no set de filmagens. Catherine Deneuve, excelente, compõe uma personagem sólida que transita do diabólico ao amoroso; Juliette Binoche, em boa atuação, consubstancia as tensões com a família; Ethan Hawke, ótimo, prova que é um ator mal aproveitado em Hollywood, a menina Clémentine Grenier rouba diversas vezes as cenas, e o resto do elenco é competente. A fotografia é excelente, mas demais critérios técnicos não ficam atrás.



#LaVerité, uma abordagem interessante, com olhares e formas de narrar deslocados entre a trama, atores e realizadores, direção e roteiro, a visão japonesa de um drama que se passa na França. Vale muito assistir.





TRAILER