logo.png
  • Fábio Ruiz

A Roda da Fortuna e Fantasia – Japão – 2021



#GûzenToSôzô, escrito e dirigido por Ryûsuke Hamaguchi, é um belo tratado sobre as relações humanas em três pequenos contos, Mágica (ou algo menos seguro), Porta Escancarada e Mais Uma Vez, que se destacam pela dramaturgia original, pelas estruturas narrativas, pela poesia intrínseca, sem flertar com o tedioso. Os textos, repletos de reviravoltas distintas e orgânicas, surpreendem pela delicadeza, pela força e pelas simplicidade e profundidade de suas tramas, que exploram, com precisão, a natureza humana.


A direção de Hamaguchi prima pela espontaneidade e despojamento, que, sem o uso de recursos mais elaborados, concentra suas forças nas atuações, na fluidez da dramaturgia, e na concisão literária. O elenco responde muito bem à condução e entrega atuações precisas, críveis, e, ao mesmo tempo, sensíveis e humanas. A música se destaca dos demais quesitos técnicos, adicionando muito à poesia do texto, a fotografia concede ares cotidianos aos contos, e arte e edição são ótimos.


#WheelOfFortuneAndFantasy, uma obra de arte, um filme simples e relevante, que surpreende por sua dramaturgia peculiar, que aborda temas interessantes com profundidade e humanidade. Imperdível.