logo.png
  • Cardoso Júnior

Aprendendo a Andar de Skate em uma Zona de Guerra (Se Você For uma Menina) -Reino Unido -2019

Atualizado: 10 de ago. de 2020


O vencedor do Oscar 2020 na categoria Melhor Documentário em Curta-Metragem e também vencedor do Bafta na mesma categoria, é uma história de empoderamento infanto-feminino no patriarcal Afeganistão em seus interessantes 40 minutos. Uma bela iniciativa.

Para mim, um documentário, seja ele em curta ou não, deve ser medido / avaliado sempre pela importância/ relevância temática apresentada e pelas dificuldades que o cineasta enfrentou para realiza-lo e não, tão somente, por ser o mais esperançoso-bonitinho deles.

Sem retirar nenhum mérito de #LearningtoSkateboardinaWarzone, pelos seus 13 anos ajudando as alijadas meninas afegãs a terem um mínimo de voz, coragem e atitudes numa sociedade que as relega ao silencioso ostracismo, é fato notório que, #InTheAbsence, ( analise nº 1.193 ) não só impactou uma nação com suas revelações e reverberações como também, obviamente, necessitou de empenho gigantesco na compilação de imagens e depoimentos de fatos abjetos que mudaram o destino de um país inteiro.

Assim, a iniciativa de premiar um trabalho social digno de todos os louvores, em detrimento de outrem – que não foi feito por e para mulheres- reflete a tendência da Academia de artes cênicas de Hollywood em dispensar o mérito tão somente para agradar seguimentos específicos da sociedade. Perigoso e lamentável!

PS1: Disponível no canal A&E

TRAILER

#Oscar2020 #Curta #Documentário #ReinoUnido #Análise