logo.png
  • Fábio Ruiz

A Última Loucura de Claire Darling – França – 2018

Atualizado: Ago 18


Claire Darling, viúva e idosa, vive sozinha em Verderonne, pequeno povoado ao noroeste de Paris, quando um dia acorda de um pesadelo com uma premonição, e, nessa baseada, suas atitudes radicais provocam o retorno de sua filha Marie, para viver #AÚltimaLoucuraDeClaireDarling.

O roteiro de Julie Bertuccelli, Marion Doussot, Mariette Désert e Sophie Fillières, baseado no romance de Lynda Rutledge, reconta a história da protagonista resgatando suas lembranças, concomitantemente, dentro das cenas do presente, desvelando, ao longo do dia, segredos, tragédias, e pendências pregressas, que delinearão as personalidades da protagonista e de sua filha, Marie, que quitarão contas pendentes, na catarse de Claire, entre as duas, a meio de apegos e desapegos, materiais ou não. A conclusão é bastante previsível, e sua forma, um tanto desmedida.

Apesar da solução interessante de mesclar as memórias às cenas do presente, a direção peca, ocasionalmente, ao implementá-la. Catherine Deneuve está ótima como Claire, que oscila entre a consciência e a fantasia organicamente. Chiara Mastroianni, monocromática, não valoriza as sutis transformações da personagem, e o resto do elenco é competente. A arte é excelente, vide a coleção de Claire, mas os efeitos especiais, ao final, pecam. A música contextualiza, muito bem, a trama, e fotografia e edição são ótimas.

#LaDernièreFolieDeClaireDarling é uma fábula sobre o crepúsculo da vida, uma ponderação dos feitos, das ações e da personalidade da protagonista. Uma opção interessante.

Em cartaz.

TRAILER

#França #Europa #Análise