• Cardoso Júnior

Detenção- Irlanda 2019


Um dos cinco finalistas na categoria Melhor Curta de Ficção no Oscar 2019 e, também vencedor do Melhor Curta no Festival de Cannes 2018, é uma prova cabal de que a realidade é capaz de produzir uma história de terror muito superior a qualquer roteiro ficcional. Infelizmente.

Polêmico desde seu lançamento, #Detainment, tem a coragem de nos contar, ou relembrar, o crime mais hediondo da modernidade que foi o seqüestro seguido de assassinato com requintes de extrema crueldade do menino James Bulger por dois garotos de apenas 10 anos de idade em 1993. Horripilante!

O diretor Vincent Lambe, durante 30 minutos, baseia seu roteiro nas transcrições de entrevistas e registros do caso que chocou o mundo fazendo uma reconstituição dos fatos e, mesmo desviando-se de mostrar as cenas grotescas apenas narradas pelos meninos, consegue magnetizar o expectador não só pela escabrosa narrativa, mas também pelo esmero técnico e, principalmente, pelas impressionantes atuações infantis.

Inteligentemente, roteiro e direção optam por não justificar/ explicar os fatos limitando-se a representação das fitas dos depoimentos evitando adentrar nos escabrosos meandros de fatos tão malignos impetrados por duas crianças que nem foram apresentados durante o julgamento.

Em tempos de discussões sobre maioridade penal pelo mundo, eis um caso que leva às profundas reflexões sobre o tema configurando-se, não numa narrativa, mas num caso de tamanha brutalidade infantil que, para mim, faz de “Saló”, do Pier Paolo Pasolini (1975), considerado um dos filmes mais sádicos de todos os tempos, apenas um filme indecente.

TRAILER

#Curta #Oscar2019 #Irlanda

1 visualização