logo.png
  • Cardoso Júnior

O Amor Adora Coincidências - Turquia - 2011

Atualizado: Ago 15


Com um roteiro simples sobre coincidências, laços de família, memórias afetivas, amizade,infância, limites, relacionamentos, amor, destino, vida e morte, pode ser considerado uma dessas jóias raras do cinema; poucos viram e muitos nem ouviram falar. Uma lástima. Com edição requintada e até inovadora, (no uso dos flashbacks), trilha sonora, fotografia, locações, diálogos primorosos e atuações (tanto no núcleo infantil como adulto), recheadas de uma simplicidade verdadeira, envolvem-nos com delicadeza e, inexoravelmente, leva às lágrimas. Absurdamente, tudo, em “#LoveLikesCoincidences”, anda pelos caminhos da delicadeza. Tudo é suave, lírico, místico e singelo. Somado a pureza do “tom fílmico”, encontramos também belas paisagens de Istambul e Ancara, preenchendo essa ode a vários tipos, formas e maneiras de amar de verdade. Acompanhar os protagonistas em seus entrelaçamentos de vidas, no emaranhado de seus cordões, seus sonhos, esperanças e, claro, destinos, é uma aventura suave e, mesmo que a realidade venha imprimir seu choque de brutalidade, o imponderável deixa em aberto todas as possibilidades. Ternamente. Não aconselhamos assistir com a razão – A razão é Russa-, este trabalho é feito para corações que reconhecem, prezam e guardam em caixas de tesouro, pequenas lembranças, fotos, caleidoscópios de vidas. E, quando alguém disser que é tremendamente apaixonado por você, pergunte: “Quando foi a última vez que tremeste por dentro ao tocares em mim? Algum lugar te pareceu mais bonito só porque eu estava lá? Já te sentiste realmente feliz só, e apenas só, porque eu estava contigo? Um momento fugaz juntos alguma vez significou tudo para ti?” Bravo Turquia!!! Que Hollywood não te copie!



TRAILER



#Europa #Análise