logo.png
  • Cardoso Júnior

Laços de Sangue – França- 2014

Atualizado: Jul 29


Tendo passado por Cannes, este argumento polícia-ladão, repleto de atores anglo americanos famosos, e situado numa Nova York anos 70, tenta em suas 2 horas e 24 minutos fazer um retrato sobre violência versus fraternidade. Sim, dissemos “tenta” porque a narrativa “novelizada”, repleta de núcleos e as consequentes sub tramas das personagens e o lento posicionamento delas no desenvolvimento, exaure muito antes do final “cabeçudo”. (quem viu entenderá “cabeçudo”.) Assim, o que sobra? Marion Cotillard mesmo em um papel menor, agrada sempre, Clive Owen já fez alguns muitos personagens similares, Billy Crudup entre suspiros e tiros, Zoe Saldana em um quase bom momento e Mila Kunis interpretando magistralmente a Mila Kunis. Ah, sim, claro, tem o grandioso Matthias Schoenaerts mais uma vez fazendo o vilão maluco, ainda vítima de seu papel em "Bullhead", e o sempre ótimo James Caan em participação mínima. “Laços de sangue” é uma boa ideia estendida demais, um desperdício de talentos e do seu precioso tempo.

TRAILER

#Europa #Análise

0 visualização